DVD: The Beatles no Ed Sullivan Shows

Existe no mercado (por ora somente via importação) uma jóia preciosa da alta tecnologia: um DVD duplo contendo simplesmente os quatro programas do lendário animador Ed Sullivan – pai do formato de quase todos os programas de auditório que conhecemos – com as históricas performances ao vivo dos Beatles. Certo que o material já circulava na pirataria há algum tempo. Primeiramente em VHS, e mais recentemente em DVD-R. Mas o DVD duplo disponível oficialmente para qualquer mortal comum vai além de tudo o que temos. Em 240 minutos, lá estão os programas que Ed Sullivan apresentou nos dias 9 de fevereiro de 64, 16 de fevereiro de 64, 23 de fevereiro de 64 e 12 de setembro de 65 na íntegra! Íntegra mesmo, já que foram incluídos os comerciais, as variadíssimas e até exóticas atrações do programa – mágicos, palhaços, dançarinos, cantores que jamais fariam sucesso, etc e etc. Para americano ver.

Foi em meio à esse mix que os Beatles resultaram escalados para aparecer pela primeira vez em larga escala na América bairrista e aparentemente pouco interessada no barulho do rock and roll produzido pelos jovens ingleses de então. A estratégia de marketing de Brian Epstein previa apresentações em teatros como o Carneggie Hall e até numa arena de boxe como o Coliseu de Washington. O que efetivamente aconteceu. Os irmãos Maysles foram especialmente contratados para filmar toda a passagem dos Beatles pela América, como se alguém soubesse que eles estavam mesmo fadados à consagração mundial Só que nada seria comparável à possibilidade de aparecer ao vivo na TV CBS, no programa de maior audiência dos Estados Unidos, o Show de Ed Sullivan na noite de domingo.

Os Fabs foram assistidos por uma colossal audiência de 73 milhões de pessoas. Pode-se dizer sem exagero que ali a Beatlemania nascia de fato porque agigantava-se para o mundo, rompendo de vez as fileiras do Reino Unido e de meia dúzia de países europeus. Pois este programa, onde os Beatles inicialmente apresentam três números na primeira hora, e mais três na segunda hora do show, está integralmente disponibilizado em DVD, com imagem restaurada e som distribuído para os sistemas Dolby 5.1 e DTS. O máximo. Esqueça material similar. A masterização leva o produto a apresentar-se ainda mais nítido que no documentário The First US Visit. O mesmo ocorre com as edições dos dias 16 e 23 de fevereiro de 64. E com o programa gravado no dia 14 de agosto de 65, exibido no dia 12 de setembro daquele ano.

LANÇAMENTO OCORRE QUASE NA MARRA

George Martin tem razão quando comenta que os contratos assinados por Brian Epstein em favor dos Beatles eram risíveis. A banda foi paga pela produção de Ed Sullivan para apresentar-se. E perdeu o direito à própria imagem divulgada no programa justamente por conta disso! Para completar, o material que hoje aparece integralmente neste DVD duplo não pertence à Apple ou a EMI, mas à empresa do cineasta Andrew Solt.

Aquele que produziu o filme Imagine, de John Lennon. Certo que nos créditos do DVD temos agradecimentos ao senhor Neil Aspinall, mas no final das contas a decisão de lançamento foi mesmo do staff de Andrew Solt e gerou polêmica até mesmo com sites como a Amazon (obrigados a retirar por duas vezes o item de seu catálogo) e até com patrocinadores como os da pomada Anacin (histórico anunciante de Ed Sullivan) pelo uso da marca sem licença na edição em DVD. Com tudo superado (aparentemente) o item passou a ser vendido em larga escala através do site http://www.edsullivan.com.

OS QUATRO PROGRAMAS TRACK BY TRACK

February 9, 1964 Show
1. Ed’s Opening
2. THE BEATLES – All My Loving
3. THE BEATLES – Til There Was You
4. THE BEATLES – She Loves You
5. FRED KAPS – Card and Salt Shaker Trick
6. THE CAST OF “OLIVER” – I’ll Do Anything For You
7. GEORGIA BROWN (“OLIVER”) – As Long As He Needs Me
8. FRANK GORSHIN – Comedian /Impressionist
9. TERRY McDERMOTT – Olympic Athlete
10. TESSIE O’SHEA – Medley of favorite show tunes
11. McCALL & BRILL – Comedy / Office Sketch
12. THE BEATLES – I Saw Her Standing There
13. THE BEATLES – I Want To Hold Your Hand
14. WELLS & THE FOUR FAYS – Acrobatic Physical Comedy
Comentário:
George Harrison subiu ao palco às custas de muito remédio por conta da tremenda gripe com a qual desembarcou na América. Não participou da passagem de som e sequer do teste de palco para as câmeras (fotos históricas mostram Neil Aspinall em seu lugar). Quando os Beatles tocam Till There Was You e John Lennon é enquadrado, aparece a legenda histórica: “sorry girls – he´s married”. Curiosidades: integrando uma atração chamada Cast For Oliver, um jovem chamado Davy Jones – aquele dos Monkees em sua fase pré-banda. A platéia que assistiu os Beatles no estúdio da CBS foi de 728 pessoas. No dia 8 de fevereiro eles realizaram os primeiros ensaios.

February 16, 1964 Show

1. THE BEATLES – She Loves You
2. THE BEATLES – This Boy
3. THE BEATLES – All My Loving
4. SONNY LISTON – Heavyweight Champion/Audience Bow
5. JOE LOUIS – Former Heavyweight Champion/Audience Bow
6. ALLEN AND ROSSI – Boxing Skit
7. MITZI GAYNOR – It’s Too Darn Hot
8. MITZI GAYNOR – Medley Of Hits
9. THE NERVELESS KNOCKS – Sway Pole Routine
10. MYRON COHEN – Complex Comedy Bits
11. THE BEATLES – I Saw Her Standing There
12. THE BEATLES – From Me To You
13. THE BEATLES – I Want To Hold Your Hand
14. THE VALANTI’S – Comedic Unicyclists
Comentário:
Esta apresentação aconteceu em Miami, no Deauville Hotel, e para lá todo o staff do programa se transferiu. Há um excesso de luz no palco, e é possível notar um certo desconforto de Ringo Starr por conta disso. Os microfones disponibilizados para John e Paul são colocados excessivamente baixos, fato que atrapalha os vocais. O show, todavia, é arrasador, com destaque para a impecável interpretação de This Boy. E o backing vocal de John Lennon em I Saw Her Standing There, bem mais alto que a voz principal de Paul. Curiosidades: dois dos grandes pugilistas da história do boxe assistem o evento da platéia, e são citados por Ed Sullivan – Sonny Liston e Joe Louis. 3.500 pessoas formaram a platéia que assistiu os Beatles no cenário montado no Deauville Hotel. Ensaios extensivos foram realizados nos dois dias anteriores à apresentação.

February 23, 1964 Show

1. ED’S Opening
2. THE BEATLES – Twist & Shout
3. THE BEATLES – Please Please Me
4. GLORIA BLEEZARDE – Safety In Numbers
5. PINKY & PERKY – Caterpillar & Crow Routine
6. PINKY & PERKY – Dog & Cow Routine
7. MORECAMBE & WISE – Louis XIV Sketch
8. ACKER BILK – Acker’s Lacquer
9. GORDON & SHEILA MACRAE – Take Off On The Garry Moore Show
10. DAVE BARRY – STAND-UP Re: His Daughter’s Marriage
11. CAB CALLOWAY – St. James Infirmary
12. CAB CALLOWAY – Old Man River
13. MORTY GUNTY – COMEDY Stand-Up
14. THE BEATLES – I Want To Hold Your Hand
Comentário:
Neste programa os Beatles se apresentaram em formato pré-gravado. A gravação foi feita na tarde de sua estréia no Ed Sullivan Show, dia nove de fevereiro. Cenários diferentes foram providenciados especialmente para a ocasião. Eles iniciam com Twist and Shout e Please Please Me. E fecham o programa com I Want to Hold Your Hand. Um dos destaques – além da dupla de humoristas ingleses Morecambe and Wise – é Cab Calloway, um ídolo de George Harrison. Uma composição dele, Between the Devil and a Deep Blue Sea seria gravada por George muitos anos mais tarde, no CD Brainwashed.

September 12, 1965 Show

1. ED’s Opening
2. SOUPY SALES – Reminisces With Ed
3. CILLA BLACK – September In The Rain
4. FANTASIO – Slight-Of-Hand Artist
5. THE BEATLES – I Feel Fine
6. THE BEATLES – I’m Down
7. THE BEATLES – Act Naturally
8. ALLEN & ROSSI – Try To Remember
9. CILLA BLACK – Goin’ Out Of My Head
10. SOUPY SALES – The Mouse
11. THE BEATLES – Ticket To Ride
12. THE BEATLES – Yesterday
13. THE BEATLES – Help!
Comentário:
Esta performance foi a última dos Beatles tocando ao vivo no Ed Sullivan Show, mas também foi ao ar em formato pré-gravado. Eles estavam nos EUA para a consagradora turnê de 65. Um dia antes da histórica apresentação no Shea Stadium (15/08), eles foram para o estúdio 50 da CBS pela manhã e iniciaram os ensaios para o programa. O trabalho foi presenciado por platéia de 700 pessoas. A gravação teve início às oito e meia da noite daquele dia 14 de agosto, mas só seria exibida no dia 12 de setembro. Entre as atrações, um mágico tradicional chamado FANTASIO. E, definitivamente, a performance curiosa de uma “cria” do empresário Brian Epstein, a cantora Cilla Black interpretando September in the Rain, música que os Beatles gravaram nas sessões para a gravadora Decca. Nesta clássica apresentação porém, John, Paul, George e Ringo estão indubitavelmente no auge. Em Act Naturally temos George Harrison arrasando no arranjo country and western de sua guitarra. John Lennon toca I’m Down no teclado e usando os cotovelos. E a versão de Ticket to Ride é diferente, com introdução maior, e sem a repetição do refrão. Não há como não destacar também Yesterday, onde os Beatles simplesmente deixam o palco para que Paul McCartney tenha seu momento-solo. Na bagagem – para essa apresentação – eles levaram uma fita contendo o playback de três violinos. Paul cantou e acompanhou-se ao violão enquanto a fita era executada. Esse violão aliás, é o mesmo que Macca tem utilizado em suas turnês atual para interpretar Yesterday. Na hora em que sobem os créditos, durante o encerramento do programa, é repetida a interpretação de Help.

RAZÕES PARA NÃO JOGAR FORA SUA GRAVAÇÃO PIRATA DO ED SULLIVAN SHOW

O DVD duplo não inviabiliza a cópia que ora circula em DVD-R e VHS desse mesmo material e por algumas boas razões. Como não há extras no lançamento oficial, é justamente no pirata que encontramos um pouco mais de material. A saber…

· DRESS REHEARSAL: somente na pirataria é possível ver o dress rehearsal completo e realizado poucas horas antes do programa ao vivo que foi realizado em Miami, no Deauville Hotel, dia 16 de fevereiro. Eles tocam as mesmas seis canções que executaram no programa, porém é impagável o profissionalismo desse ensaio que envolveu toda a produção e o próprio apresentador Ed Sullivan. Embora sua imagem não seja das melhores, é um documento raro e que bem poderia ter vindo como extra de luxo deste lançamento oficial.

· OUTRAS PERFORMANCES: de 66 a 70, os Beatles somente apareceram no Ed Sullivan Show através dos avós dos videoclipes, ou seja, os promos. Estes circulam na pirataria! Entre eles: Papperback Writer, Rain, Hello Goodbye, Let it Be e outros. Detalhe: Ed Sullivan anuncia cada um dos promos.

Por Cláudio Teran

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s