Klaatu: a volta dos Beatles sob um codinome?

No dia 3 de agosto de 1976, a Capitol liberou um álbum anônimo pelo grupo Klaatu. A lista de músicas era a seguinte:

– Calling Ocupants Of Interplanetary Craft
– California Jam
– Anus Of Uranus
– Sub Rosa Speedway
– True Life Hero
– Doctor Marvello
– Sir Bodsworth Rugglesby III
– Little Nevtrino

A música deles era agradável, meio pop, com referências psicodélicas da era Sgt. Pepper, assemelhando-se a outros artistas do período, como Pink Floyd, ELO, Yes e Queen. Eles permaneceram como um grupo obscuro até 1977, quando Charlie Parker, um DJ da WDRC em Providence, Rhode Island, jogou uma das faixas em seu programa. Centenas de ouvintes telefonaram, convencidos que ele tinha tocado um disco dos Beatles novo.

Um artigo por Steve Smith no Providence Journal se seguiu dizendo que aquele Klaatu eram os Beatles. Ele sugeriu que haviam umas 150 pistas e pequenas evidências que apontavam uma ‘Konspiração Klaatu’:

– Uma Universidade de Miami fez um teste de voz com o disco do Klaatu e gravações de McCartney que provou que os vocalistas eram os mesmos.

– Um disc jockey australiano apareceu com evidências para concluir que o álbum do Klaatu era um álbum não lançado dos Beatles chamado ‘Sun’ (a capa do ‘Klaatu’ mostrava um sol sorridente).

– Tocando ‘Sub Rosa Subway’ ao contrário, usando um oscilador de frequência de baixa rotação e filtros, revelou a mensagem “Somos nós, somos os Beeeeatles!”.

– Na capa do seu Goodnight Vienna, a cabeça de Ringo Starr foi mostrada sobreposta ao corpo de um personagem do filme O Dia em que a Terra Parou. O nome do personagem? Klaatu! A conexão foi engendrada pelo material promocional da Apple para Goodnight Vienna, que dizia: “Não Esqueça: Klaatu Barada Nikto”. Esta frase era a ‘senha’ que fazia o robô-guarda da nave reconhecê-lo (Klaatu), tanto que ele ensinou essa frase para a garota, assim o robô não a machucaria.

Não havia nenhum informação biográfica na capa, enquanto o empresário do grupo, Frank Davis, quando perguntado diretamente se o Klaatu eram os Beatles, recusou confirmar ou negar o rumor.

Igualmente, a Capitol, longe de negar as alegações, foi tão vaga quanto o artigo do Providence Journal, e em 8 semanas o álbum tinha vendido 300.000 cópias.

Depois, os membros do grupo foram identificados como os músicos de estúdio canadenses John Woloschuk (também conhecido como L.M. Carpenter), Terry Draper e David Long, mas apesar disto, a Saga Klaatu continuou, especialmente na Austrália, onde o Beatle fã John Squires emitiu uma brochura de 34 páginas chamada Por Trás de Um Codinome: A Reunião Secreta dos Beatles. Mas a essa altura, ninguém acreditava mais nessa história. A canção mais famosa do grupo, “Calling Occupants Of Interplanetary Craft”, recebeu um cover do Carpenters, chegando aos Top 40.

Anúncios

3 comentários Adicione o seu

  1. Anônimo disse:

    já chegou a ouvir o áudio inverso de 'Sub Rosa Subway' JC? Saberia nos dizer onde podemos ouvi-lo?

    Curtir

  2. eu lembro do Big Boy tocando este disco e colocando duvidas se eram os Beatles ou não.

    Curtir

  3. Nunca ouvi o áudio inverso, brother. Vou fazer por sua sugestão. Dá pra usar um programa de edição de música, como o Goldwave, por exemplo. Abraço, JC

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s